29 agosto 2010

*Piscina*

Hoje os três foram para a piscina!!!
Aproveitamos a tarde de domingo para encher a piscininha inflável deles com água morna e colocá-los para brincar. A farra foi ótima, brincaram com seus queridos patinhos de borracha, ficaram encantados com a espuma, bateram as perninhas e espalharam água para todo lado. Rendeu até mergulho da Lala. Brincaram até cansar! Quando começaram a coçar os olhinhos de sono, tiramos, colocamos uma roupinha gostosinha e depois dormiram a tarde toda!
Matheus
Luana
Larissa

*Espertos, graciosos e falantes...*

Esse trio está cada dia melhor, cada dia mais esperto!

Acho incrivel ver como eles evoluem, aprendem mil coisas em um só dia. Quando se tem bebê em casa sempre tem novidade, quando se tem três bebês então... nem se fale!

Eles são super sapecas. Cada um sempre tem sua gracinha particular!!!

Larissa - fala DA DA DA DA; quando falamos "Quem vai passear (ou tomar banho, ou mamar)" seguido de "EEEEEUUU" ela levanta os bracinhos e grita EEEEEEE; é a que mais sabe tossir fingido (para chamar a atenção); chega onde quer, mas vai de bundinha, sentadinha, e quando está de bruço só vai para trás; adora tomar banho, aliás os três amam, mas ela bate as perninhas, joga água para todo lado, faz a maior bagunça; quando não quer mais comer sabe cuspir a comida; escala a gente para ganhar um colinho.Ela também adora dançar, escuta música e começa a se balançar.

Luana - hoje começou a falar algo parecido com BABABABA, mas ainda "intraduzível", porém cheio de personalidade, ela faz carinha de quem está conversando mesmo! E como ri essa pequeninha, o bom é que nunca ficamos sem graça, pois sempre tem ela para achar graça de tudo; já  fica na posição de gatinho, mas também vai para trás, a diferença é que vai também para os lados então sempre está passeando por aí... Já sabe passar de deitada para sentada, principalmente quando está de gatinho. E ela bate palminha, é só cantar "Bate palminha bate..." que lá vai ela com sua palminha, também bate palma quando conquista alguma coisa, como no dia que ela conseguia pegar a colher da Lala e dar uma lambidinha. Ela também nos escala querendo colinho, e como é levinha, vem com uma facilidade! E tem a boca santa, como come!!!!

Matheus - ele fala BABABA (às vezes saindo um pouco como BOBOBOBO) e também PAPAPA. Só quer ficar em pé, como é difícil colocá-lo sentado, se estica todo parecendo um prego (como diz a Zenaide). E grita, como grita, às vezes grita tanto que fica até vermelho. Faz "boca de velhinho". Ele é o que mais acha graça das coisas que as irmãs fazem, várias vezes o peguei rindo só de olhar elas falando ou fazendo carrinho. Ele é bem tranquilo, mas quando está com sono é o que mais chora. Também come muito bem, às vezes até assusta o quanto come!

Os três dão a mãozinha quando falamos "Tudo bem?"; se penduram no berço quando sentados para espiar quem etá no chão ou porque quer colo; adoram as músicas da 'Angelina Ballerina'; adoram tirar os brinquedos do cesto; seguram as mamadeiras sozinhos (já é uma grande ajuda); são muito sorridentes e felizes!!!

Com tantas mudanças na evolução deles, tive que fazer algumas mudanças na organização da casa, como na hora do banho. Antes eu colocava os três na minha cama e ia dando banho, trazendo de volta para trocar e depois pegava outro. Agora não posso nem pensar em deixá-los sozinhos na minha cama, pois logo saem passeando e podem cair. Passei a colocá-los no berço para brincar enquanto dou os banhos, mas aprenderam a se pendurar, então fico com medo. A solução foi, na hora do banho, colocar um edredon no chão do quarto, espalhar alguns brinquedos, fechar bem a porta e deixá-los brincando no chão enquanto um toma banho. Pelo menos do chão não passam!

26 agosto 2010

*Bem vinda Isabella!!!*

O trio ganhou mais uma priminha, a Isabella, filha da Fabiana e do Evandro (prima do Conas).
Ela é uma princesinha! Assim como o trio, a Isa nasceu de 34 semanas e também é muito guerreira.

Bem vinda princesa!!!!

Assim que der iremos conhecê-la!!!

23 agosto 2010

*Bienal do Livro*

Aproveitamos o final de semana e fomos à Bienal do Livro. Mais um passeio cultural para o "currículo" dos bebês! Eu estava com uma listinha dos livros que queria comprar para ampliar a biblioteca do trio (já cansei dos nossos), mas estava bastante cheio e nós com o horário apertado, então só consegui comprar dois. Ainda assim valeu a pena!
Os dois livros são da Eva Furnari: "Você troca?" e "Não confunda". São bem legaizinhos, com rimas em todos os versos. Li para os bebês lá na feira mesmo, e eles gostaram, pois riam ao final de cada frase.

Leio para os bebês diariamente, e acho a leitura fundamental na formação do indivíduo. E mais, através dela nos transportamos para muitos outros mundos. Conhecemos pessoas, lugares, nos emocionamos, nos revoltamos, gostamos ou odiamos, fato é que viajamos...
Ao ler para os bebês opto por livros que se sobressaem por sua qualidade literária, por isso leio contos, poesias... e nada de resumos! Lógico que as histórias não são muito compridas, senão eles logo dispersam (afinal têm apenas 8 meses), mas costumam prestar atenção do início ao fim. E eu babo!!!!! Não desprezo os livros com belas ilustrações, afinal em alguns casos a ilustração complementa a história, em outros o desenho é o foco. Livros de figuras aqui em casa são os de pano ou plástico, que eles olham, lambem, comem, mordem... agora para despertar o prazer pela leitura, tem que ler!

Faz parte da biblioteca do trio:
* A casa sonolenta - Audrey Wood
*A menina que procurava - Alexandre Rampazo
* Meu primeiro livro de contos de fadas - da editora Companhia das Letrinhas
* Anúncios amorosos dos bichos - Almir Correia
* No meio da noite escura tem um pé de maravilhas - Ricardo Azevedo

E mais alguns que eu nunca li para eles.

Eu quero:
*O homem que amava caixas
*Guilherme Augusto Araújo Fernandes
*Volta ao mundo em 52 histórias
*Até as princesas soltam pum (esse eu não conheço a história, mas gostei do título, até porque a Luana descobriu que a palavra PUM é muito engraçada, é só perguntar se ela solta PUM, se é fedido o PUM, ou simplesmente falar PUM para ela garagalhar)

Se alguém tiver boas indicações, aceito!!!

19 agosto 2010

*Gripe*

Assim como toda criança que vai para a escola pela primeira vez e fica doente, voltei à escola depois de 1 ano afastada e voltei um pouco resfriada.

Como mãe não tem diabinho pendurado no ombro, ficaram dois anjinhos no meu ouvido, um dizia "Você está resfriando, não fique perto dos bebês", e ou outro "Olha cada carinha gostosa, amassa e enche de beijo". Os anjinhos brigaram por um bom tempo, mas eu tive a infeliz ideia de dar atenção ao que me mandou beijar os bebês. Agora estão todos doentes aqui em casa!!!

Estou sem voz, mesmo assim fui trabalhar, a Luana também está rouquinha. Dá dó, mas é bonitinho vê-la chorando rouquinha. Os três estão com o nariz escorrendo muito, e não durmo há duas noites. Uma foi a Luana que chorou a madrugada toda (não sabia mais o que fazer, então dei paracetamol e logo ela acalmou), e ontem o Matheus e a Larissa se revezaram, quando um parava de chorar o outro começava. Juro, foi assim a noite toda!!!
Hoje levei-os ao otorrino (aliás o mesmo médico que me atendia quando eu tinha a idade dos bebês, dr. Mario Yamashita) e os três estão com inflamação no ouvido. A Luana um pouco mais grave e a Lala a menos, mas os três estão tomando remédios. Dá uma dozinha saber que eles se sentem incomodados com a dorzinha e com o catarro e não conseguem falar o que sentem, mas o bom é que este trio é nota 1000, e não perde o bom humor. Olhem a carinha de sapeca deles assim que voltamos do médico.

*Receita de vó*

Segundo as avós, o que temos que passar no bebê quando está com assadura???

Maisena (amido de milho), certo?!

Pois bem, o que as vovós não dizem é que temos que guardar a maisena em um lugar bem seguro após o uso, senão...

16 agosto 2010

*Voltei... ao trabalho*

Depois de 3 anos afastada da sala de aula e de 1 ano sem trabalhar, voltei à ativa!!!
Que delícia, percebi o quanto o trabalho faz falta na minha vida. Está sendo bem puxado e corrido, mas me sinto até com mais disposição. Já até perdi 500 g!!! Antigamente eu dedicva minhas tardes a planejar aulas, preparar atividades, procurar novidades na internet... isso está mais complicado, os bebês não têm deixado, então terei que organizar melhor meus horários para dar conta de fazer tudo isso na escola (que é o certo). Os bebês "adoraram" minhas canetas novas e meus cartazes, toda hora tenho que tirar alguma coisa da mão deles. Na quarta-feira os três estavam dormindo no tatame e eu ao lado fazendo um cartaz para levar para a escola. Subi rapidinho até o quarto e de repente escuto um barulho de papel amassado. Desci correndo, era a Lala amassando todo meu cartaz!!!!

A vida está corrida, mas temos nos ajeitado. Tenho um pai e uma mãe que são tudo de bom, maravilhosos e têm ajudado demais!!! Nos dias em que o Conas vai trabalhar, para não tirá-los do berço tão cedo e no frio, meus pais chegam aqui em casa às 06h15 (hora q saio), espera os bebês acordarem, dão o mamá, trocam fralda e depois os levam para casa, então quando volto passo lá, almoço e trago minhas crias.
Tem dado super certo, os bebês adoram meus pais e minha irmã, e eles também montaram um espaço para os pequenos na sala de TV, colocaram tatame, brinquedinhos, e lá tem de tudo para eles. Quando eu estava grávida minha mãe fez um enxovalzinho também. Pai e Mãe são tudo de melhor que existe!!!

Ficar longe dos bebês por um período dá um apertinho no coração, mas é muito bom também respirar outros ares. Estou muito feliz com meu retorno ao trabalho!!!

14 agosto 2010

*Dia dos Pais*

Que importância tem o pai diante da magnitude da maternidade?

Toda!!!

Quem é que inventa as brincadeiras mais radicais; que diz "Não é o rabo que abana o cachorro", mas sempre se vê três 'rabinhos' abanando-o; que acha que o bebê não precisa ir para o berço às 21h00 (ou 22h00, 23h00) se está tão tranquilo brincando feliz na cama dos pais... que arrancou um tímido sorriso da Lua na pequeneza de seu 1,5kg com apenas 2 dias de vida, que teve o dom de fazer duas princesas se revirarem após um dia inteiro de angústia por estarem tão quietas na barriga da mamãe...

É o pai, pelo menos é o pai dos meus filhos, o TRIPAPAI, SUPERPAI. O herói aqui de casa!!! É Conas, ser herói de três serzinhos que estão descobrindo o mundo exige muita responsabilidade, é uma missão séria demais, e você está exercendo com brilhantismo. E eu te admiro muito por ser o Pai que é!!! Obrigada por trazer para minha vida três grandes razões para acreditar que sonhar é necessário e amar de verdade é possível!




Árvore
   (Elisa Lucinda)

Ah, eu te amo
porque você me ensina
mais um olhar sobre o que existe.
Me ensina que ao ir a Cuba
eu também estava indo ao Caribe.

Ah, eu te amo
porque Juliano se espalha
em sabedoria entre nós
porque ele é filho e mestre.
eu te amo
pelo que nos acontece
sol
noite
estrelas matutinas
beijos
brigas
abraços
constelações de rotinas
As criaturas ensinando aos criadores
As coragens brotando do útero dos temores

Ah, eu te amo nas nossas crianças
eu te amo e falo.
É que eu sou João com ascendente em Pablo.

*******************************************************

E o meu pai, Hélio, agora vovô coruja do trio MaLuLa.

É com muita admiração, orgulho e amor que sempre te olhei. Com você aprendi lições de humildade e de dedicação. Qual o melhor pai do mundo? O meu, é claro! `Pelo simples fato de ser meu!!! Está sempre ali quando precisamos: ir junto a algum lugar, levar a algum lugar, cortar a carne nos almoços de família, trocar a lâmpada, arrumar o secador, a porta do armário que está despencando... que salva com $$$ nas horas de aperto, que cuida dos netos e sai cedo da cama por eles... que me disse quando eu casei que a porta estava sempre aberta, e sempre que eu quisesse subir e tomar um iogurte a casa era minha! Ah, pai, como eu te amo!!! E como sou grata por você existir!!!

Parabéns ao pai dos meus filhos, ao meu pai, ao meu avô e todos os pais.
Parabéns a Conas, Hélio, Ary, Ednei, Alê, Waldir, Paulinho, Roberto, Evandro, Luís, Daniel...

07 agosto 2010

*8º Mesaniversário*

Os bebês já completaram 8 meses!!!

Comemoramos mais 1 mês de vida na casa da bisa Arlete e biso Ary no Dia dos Pais.


video
Lala, Lu e Teteu

Amo vocês cada dia mais!!!

06 agosto 2010

*Simulado*

Segunda-feira voltarei a trabalhar!
Tirando o aperto no peito que estou sentindo pela distância dos bebês, estou feliz e ansiosa para retomar minha vida profissional.

O esquema aqui será o seguinte: como o papai trabalha dia sim/ dia não, nos dias em que ele estiver em casa o trio ficará aqui com ele e a Zenaide (que está se saindo muito bem, pois gosta bastante das crianças) e nos dias que ele trabalhar, levarei os bebês até a minha mãe e a Zenaide irá para lá.

Hoje fiz um "simulado" de como serão os dias em que iremos para a minha mãe. No dia anterior já deixei tudo pronto no carro, então hoje acordei às 05h45, me arrumei e às 06h10 comecei a colocá-los no carro. Já descobri que terei que tirá-los do berço ainda mais cedo, pois levei 15 minutos para descer e arrumá-los em suas cadeirinhas. Coitadinhos, que dó tirá-los neste frio tão cedo da cama!!! Ainda bem que eles não perdem o bom humor nem assim.

Já que era um simulado para minha volta ao trabalho então o certo seria deixá-los lá e "sumir" pela manhã, certo?! Até pensei em me trancar no quarto e dormir mais um pouquinho... (brincadeira, eu jamais conseguiria fazer isso).

Aproveitei a manhã para levar a Lala para fazer o exame de sangue (aquele que a pediatra pediu porque ela não estava comendo). Como me arrependi! A Lala chorou muuuuuito, de cortar o coração. E eu não sou uma mãe mole, se precisa fazer algo acho melhor colaborar assim termina mais rápido, então seguro mesmo. Mas até eu saí chorando da clínica. Ela tem as veias muito fininhas, então niguém conseguia encontrar. Primeiro veio uma enfermeira. Depois de apalpar, procurar, quase encontrar, resolveu chamar a médica. As duas olharam procuraram e furaram. Em vão, não conseguiram pegar a veia. Chamaram outra enfermeira que apalpou, procurou, furou e também não encontrou nada. A Lala ficou super nervosa, chorava só de encostarem nela. Resolvemos deixar para outro dia, e recomendaram que eu a levasse para realizar o exame em uma unidade hospitalar, pois como atende neo natologia, tem outros equipamentos melhores (???).
A bebê só iria fazer este exame porque não estava comendo, mas como depois da Camomilina C seu apetite voltou, resolvi ligar para a pediatra, explicar o que aconteceu e dizer que não queria que ela fizesse o exame. A médica concordou, disse "Se já está comendo bem, esquece". Já esqueci!!! Ela também já esqueceu as picadas, pois brincou, comeu e aprontou normalmente.

Depois que voltamos para a casa da minha mãe, a Lala mamou, descansou um pouquinho e fomos todos para o mercado. Compras feitas, chegmos em casa já na hora do almoço dos anjinhos, e foi nessa hora que algo muito lindo e muito fofo aconteceu, o Matheus começou a ampliar sua linguagem. Começou a falar "BABABABABA". Minha mãe jura que ele estava falando vovó! Ela até ligou para a bisa Arlete e colocou o Matheus para falar "BABABA" no telefone para mostrar que ele fala "VOVÓ". É, com bastante criatividade podemos dizer que ele falou "VOVÓ, EU TE AMO" rsrsrsrsrsrs Mas é muito bonitinho ele falando, e ele ficou todo orgulhoso de sua nova conquista, porque depois ria e fazia uma carinha charmosinha de satisfeito consigo! E assim ele passou o dia, intercalando os "BABABAs", com seus gritos "AAAAAAA", com seu som indescritivel feito com a garganta e fechando com "carrinho", claro!